Por determinação do presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa, a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) dá início, na próxima semana, à instalação dos equipamentos necessários para a gravação das audiências no Poder Judiciário Estadual.

​A ferramenta será disponibilizada para todas as salas de audiência e de depoimento especial, na Primeira Instância, e para as Câmaras e Tribunal Pleno, no Segundo Grau de Jurisdição. Cada kit é composto por três webcams, uma mesa de som, quatro microfones e um software.

​A aquisição de solução para gravação audiovisual de audiências, gestão audiovisual e de texto, armazenamento, gerenciamento e disponibilização destas informações por meio digital para consulta é uma anseio antigo do órgão.

FUNCIONALIDADES

​A solução possibilita diversas funcionalidades, como a inserção do órgão julgador e do número do processo no vídeo em marca d’água e a gravação de cópia automática de segurança. Além disso, o controle de acesso é o mesmo já utilizado em outros sistemas judiciais, e juízas e juízes conseguem inserir informações no vídeo, visíveis apenas ao julgador.

Dessa forma, a gravação da audiência fica disponível a qualquer momento para os magistrados e magistradas. Já em relação ao público externo, advogadas e advogados poderão solicitar acesso ao arquivo, da mesma maneira como já é feito atualmente, quando as audiências são gravadas.

PLANTÃO CAPIXABA | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | COM INFORMAÇÕES DA ASCOM TJES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui