O Espírito Santo dará mais um importante passo para o combate à criminalidade, à evasão fiscal e ao desmatamento por meio da aplicação de tecnologia e inteligência artificial. Isso porque o Governo do Estado anunciou, nesta quinta-feira (5/11), a publicação do edital para contratação do Cerco Inteligente de Segurança, que atuará também como estratégia de redução dos índices de violência no escopo do programa Estado Presente em Defesa da Vida. A novidade foi divulgada pelo governador Renato Casagrande em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

O edital do projeto, que será publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (6/11), prevê a implantação de uma Central de Análises e Monitoramento, além de pontos de coleta e captura das placas de veículos, atendendo a um total de 1.500 pistas em rodovias de acesso dos 78 municípios capixabas.

A estimativa é de que o investimento no projeto seja de R$ 160 milhões, valor que deverá ser reduzido após a concorrência entre as empresas durante o processo de contratação. O recurso será investido ao longo de cinco anos desde a implantação até a manutenção do Cerco Inteligente.

A ação integrada é fruto de uma parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) e as Secretarias de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), de Governo (SEG), da Fazenda (Sefaz) e do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama).

O objetivo do Cerco Inteligente é otimizar o monitoramento do trânsito, fazendário, ambiental e de segurança pública com foco na fiscalização eficiente a partir de maior assertividade nas operações feitas nas rodovias estaduais e demais vias. Com informações integradas, mais ágeis e compartilhadas entre os órgãos envolvidos, será possível identificar com maior rapidez diversas irregularidades que prejudicam a sociedade capixaba, a exemplo de veículos roubados, assaltos, sequestros e transporte irregular de cargas, através de uma plataforma tecnológica integrada de monitoramento de veículos.

“Estamos publicando esse edital para incorporar tecnologia no combate à criminalidade. Não é uma tarefa fácil devido a audácia dos grupos criminosos e até pela capacidade de aquisição de armas e equipamentos que os criminosos têm. Por isso, temos que estar um passo à frente e usar a tecnologia para inibir esses atos criminosos. O Cerco Inteligente já é usado na cidade de Vitória e agora será estendido primeiramente para a Região Metropolitana. As faixas de pedestres e balanças de cargas serão monitoradas, bem como toda a vigilância da Fazenda e do Meio Ambiente voltadas à proteção dos capixabas”, explicou o governador Casagrande.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E ANALÍTICA

O diretor-geral do Detran-ES, Givaldo Vieira, ressalta que a tecnologia já é uma aliada do órgão e o Cerco Inteligente vai contribuir para aumentar a segurança das pessoas nas vias do Estado.

“Já utilizamos um sistema de inteligência artificial e analítica para fortalecer a identificação, prevenção e o combate às fraudes na estrutura do trânsito nos procedimentos relacionados a veículos, habilitação e infrações. A partir da integração com o Cerco Inteligente, o Detran também terá uma ferramenta qualificada para a criação do Observatório Estadual do Trânsito, pois o sistema tem capacidade de fazer cruzamento de dados e obter informações fidedignas sobre estatísticas do trânsito. Com isso, acreditamos que a tecnologia será uma ferramenta importante para termos também um trânsito mais seguro”, afirmou Vieira.

De acordo com o coordenador de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Governo do Estado, Victor Murad Filho, uma das premissas do governador Renato Casagrande é implementar um governo eficiente e digital.

“Lançamos mão de tecnologia a serviço da população com a desburocratização e a integração entre as pastas. É assim nasce o projeto Cerco Inteligente, mais um serviço que o Governo do Estado entrega e que certamente trará muitos benefícios e mais segurança aos capixabas, além de tornar o Estado muito mais atraente para pessoas e empresas se instalarem aqui”, enfatizou.

INTERAÇÃO COM O POLICIAL NA PONTA

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, destacou a importância dessa ferramenta no campo da segurança.

“É uma tecnologia inovadora, moderna, com algoritmos que permitirão a interação com o policial na ponta. Assim, aumentamos a capilaridade da nossa polícia. Com leitor de placa e futuramente com reconhecimento facial, vemos que o governador coloca o Estado no rumo da tecnologia e inovação. Hoje pela manhã já fizemos entrega do Termo Circunstanciado de Ocorrência e agora temos o Cerco Inteligente, que é um avanço fantástico para a sociedade capixaba”, disse.

IMPLANTAÇÃO

Após a publicação do edital, o certame será realizado no dia 18 de novembro, às 14h, e será admitida a realização de consórcio entre empresas e subcontratação, a fim de ampliar a participação de empresas e garantir a competitividade. A implantação do Cerco Inteligente se dará em até 180 dias após a emissão da Ordem de Serviço.

O Cerco Inteligente será implantado em fases, sendo que a primeira dela contemplará os municípios da Grande Vitória e suas fronteiras. Logo após, será expandido para os municípios do interior.

PLANTÃO CAPIXABA – A GENTE MOSTRA O ESPÍRITO SANTO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | COM INFORMAÇÕES DA SECOM-ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui