Internos e internas da Penitenciária de Segurança Média 2 (PSME2), unidade referência LGBTI+ no Estado, realizaram a entrega de 70 brinquedos para crianças da Associação dos Amigos Autistas do Espírito Santo (AMAES), na quarta-feira (15/12). Entre os brinquedos, estão amigurumis e bonecos de tecido confeccionados por 70 custodiados da unidade, por meio do projeto Arco-íris.

“O projeto Arco íris tem o objetivo de ensinar e despertar nos participantes habilidades e capacidades para a arte e para o enfretamento a diversas questões. Essa atividade é um estímulo à concentração e promove melhoria do relacionamento interpessoal, ocupando-os com atividades terapêuticas que ajudam a vivenciar este momento de aprisionamento, de forma mais humana e digna”, ressaltou o diretor da Penitenciária, Dantas Campostrini.

Ele acrescentou que essas ações estão relacionadas ao período do Natal, mas a proposta é que sejam permanentes. Na unidade, também foram produzidos 100 brinquedos, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo (OAB-ES) para a doação.

Ainda nesta semana, crianças da Casa de Acolhimento de Viana e do Cariacica Down, instituição que presta assistência às pessoas com síndrome de Down, receberam brinquedos e bonecas confeccionados na Penitenciária Agrícola do Espírito Santo (Paes) e no Presídio de Segurança Máxima 1, também no Complexo de Viana. Cerca de 100 brinquedos confeccionados por detentos foram doados.

MAIS DOAÇÕES

Até o Natal, a Paes também vai fazer doações à outras duas instituições de acolhida de crianças e adolescentes em Vitória. A diretora da Paes, Leizielle Marçal Dionizio, explica que a campanha acontece há anos com doações em diversas ocasiões destinada às instituições sociais, abrigos e hospitais.

Essa produção ocorre no projeto sustentável Fábrica dos Sonhos. Detentos do regime semiaberto produzem brinquedos a partir de paletes de madeira, materiais recicláveis e tecidos doados. Das mãos dos internos saem jogos de memória, casas de bonecas, além de bonecas de pano e carrinhos.

“Este é um projeto já consolidado e que a cada ano envolve dezenas de internos, que produzem centenas de brinquedos e sorrisos para crianças em situação vulnerável. Muitos relatam a alegria de saber que, além de se ocuparem e desenvolverem uma habilidade, estão alegrando o Natal dessas crianças com os brinquedos que produziram”, destacou a diretora Leizielle Marçal.

PLANTÃO CAPIXABA – A GENTE MOSTRA O ESPÍRITO SANTO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui